Grupos de Junho na Terra Santa

O início official do Verão na Terra Santa acontece em Junho, mas sabemos que por essas bandas as temperaturas elevadas já aparecem desde o mês de maio. Este é um mês com um turismo muito intenso de grupos e peregrinações, pois apesar do Verão já ter se instalado, ele ainda não é considerado um mês de alta temporada e as temperaturas ainda não estão altíssimas como nos meses de Julho e Agosto.
Unindo o útil ao agradável, chegaram diversos grupos da Américana Latina para conhecer os encantos da Terra Santa, com destaque para as pregrinações católicas e caravanas evangélicas.
Nossos turistas aproveitaram a época do ano para incluírem em suas atrações religiosas o maior número possível de passeios aquáticos, como a Visita ao Mar Morto onde puderam experimentar suas águas medicinais, a renovação dos votos de Batismo no Rio Jordão e nosso tradicional passeio de barco pelo Mar da Galiléia.

Uma programação intensa foi realizada no norte do País, onde estão localizados Nazaré, o Monte Tabor, Tabgha, Tiberíades, Cafarnaúm, Cesaréia, as Colinas de Golãn e muitos outros lugares que marcaram a vida de Jesus, sem contar com a realização de Missas nas principais Igrejas da região como a Basílica de São José, o Primado de Pedro, e até Celebração Eucarística no Monte das Bem-Aventuranças. Os casais apaixonados também aproveitaram para fazer a renovação dos votos de matrimônio em Caná da Galiléia.
Um capítulo a parte no trajeto de nossos grupos de Junho foi a emoção com que puderam vivenciar a cidade Santa de Jerusalém, onde todo canto parecia lhes remeter a vida e à morte de Jesus. Desde a visita a Belém, onde ele nasceu e a Gruta dos Pastores e a Basílica da Natividade, até chegarem em Jerusalém pelo Monte Sião e adentrarem na Cidade Velha, percorrendo todo o trajeto da Via Dolorosa até o Santo Sepúlcro.

A peregrinação renovou seus votos de Batismo durante imersão do Rio Jordão e seguiu até a cidade santa de Jerusalém, onde nossos peregrinos puderam reviver o caminho de Jesus desde sua condenação, até sua morte durante o trajeto da Via Dolorosa até a Igreja do Santo Sepúlcro.
No Monte Sião, visitaram o túmulo do rei David, o Cenáculo e a Abadia da Dormição. Em Belém, cidade onde Jesus nasceu, conheceram a Igreja da Natividade, a Gruta de São Gerônimo e de São José.

Um de nossos grupos aproveitou sua passagem pelo deserto para plantarem árvores de Oliveiras, em nome de sua Igreja.
Nossos grupos de peregrinação puderam receber das mãos de nossa equipe e padres envolvidos o tão esperado Certificado de Peregrino do ano de 2018, deixando a Terra Santa com a sensação de missão cumprida e muita vontade de retornar.

    Contato






    * Campos obrigatórios