Grupo Igreja o Brasil para Cristo

Depois de cerca de dois anos de planejamento, muitos encontros e organização, finalmente o Grupo dos Pastores e suas famílias fez a tão sonhada caravana na Terra Santa, com direito a Marcha para Cristo e até Noivado.

Mesmo com todo o frio do inverno, o grupo foi recebido de forma calorosa desde o aeroporto, com faixas em homenagem a Igreja O Brasil Para Cristo e ao Pastor Roberto. Já no ônibus, cada um recebeu uma rosa dos guias e já puderam sentir o acompanhamento personalizado que teriam durante o percurso.
Enquanto parte do grupo estava muito entusiasmada e visivelmente emocionada por estarem pisando na Terra Santa pela primeira vez, o restante do grupo não conseguia conter a exaltação por terem o privilégio de voltar à terra onde Jesus nasceu.

Depois de devidamente equipados com mochilas, bonés, mapas e casacos, os 62 Peregrinos começaram esta incrível aventura por Tiberíades, no norte.
No dia seguinte, fizeram o esperadíssimo passeio de barco pelo Mar da Galiléia, momento do início das Orações e Louvores, com direito a palavra de abertura do Pastor Roberto Machado.

Após o passeio de barco, fizeram uma caminhada por Capernaum, Tabgha e subiram no Monte das Bem Aventuranças. O grupo sempre muito atento aos detalhes, parava para fazer anotações e estudar sobre o local visitado.

Ainda neste segundo dia intenso de passeios, foram até Caná da Galiléia e Nazaré. Subindo pouco mais ao norte, no dia seguinte foram até a divisa com a Síria e também conheceram um tradicional Kibbutz da região.
Foi com muita surpresa e gratidão que o Pastor Luiz Roberto recebeu uma placa em seu nome durante o passeio ao Yardenit, contribuindo para o orgulho dos Peregrinos e seus familiares. Neste mesmo dia, ainda foram até Jericó, a cidade mais antiga do mundo e ao Mar Morto.

A manhã de sexta-feira, sem dúvida, foi a mais esperada pelos Peregrinos. O grupo simplesmente realizou a Marcha Profética, O Brasil Para Cristo, em plena Jerusalém, caminhando pelas pedras antiguíssimas da cidade mais sagrada do mundo.
Tambores, shofarim, tupim, clarinetas e música tradicional acompanharam a Marcha que começou no Monte das Oliveiras, adentrou pelas ruelas da cidade velha e foi ganhando adeptos que se juntavam a eles durante todo o trajeto até o Cardo, balançando bandeiras do Brasil e de Israel.
A emoção estava a flor da pele por poderem estar realizando a marcha no lugar onde tudo começou – na Terra de Jesus, pedindo paz por Israel e seu povo. Ainda muito extasiados pelo momento, chegava a hora de seguir até a Via Dolorosa e o Jardim da Tumba, onde fortaleceram seus votos de fé e se aprofundaram em orações.

Outro momento alto desta peregrinação, foi o noivado entre dois jovens participantes durante um jantar super romântico em Jerusalém. As famílias dos noivos ficaram muito contentes de poder vivenciar este momento durante a viagem.
No Museu Yad Vashem, Memorial em Memória do Holocausto, foram acompanhados de guias especializados que puderam explicar detalhadamente sobre esta grande tragédia da humanidade. O grupo se mostrou profundamente abatido e solidário às milhares de pessoas que perderam suas vidas e fizeram uma oração.

No dia seguinte, eles participaram de um curso na Universidade Hebraica de Jerusalém, considerada umas das melhores do mundo, sobre as Raízes do Judaísmo. Eles aprofundaram seus conhecimentos sobre os Manuscritos do Mar Morto, muitos guardados hoje no Museu do Livro, em Jerusalém.
Mais um ponto alto e inesquecível para o grupo foi a visita ao Knesset, O Parlamento Israelense, onde se encontraram com a deputada Merav Ben Ari, engajada na causa evangélica na Terra Santa.
Não deixaram de visitar Belém, a cidade onde Jesus nasceu e conheceram também o Monte Sião, Galicantu, o Museu de Israel, o Museu Amigos de Sião, Qumram e a Cidade de David.

Os Peregrinos fizeram questão de, literalmente, plantar raízes na Terra Santa, plantando mudas de árvores num bosque próximo a Jerusalém. Ficou a promessa de ver os frutos desta plantação em suas próximas visitas à Terra Santa.
Para o encerramento, o tão esperado Diploma de Peregrino na Terra Santa foi distribuído entre os presentes, juntamente com o Certificado de participação do curso as Raízes Judaicas do Cristianismo.

O encerramento emocionante se deu na hora em que o Pastor Luiz Roberto é condecorado com a “Chave de Jerusalém”, confirmando que nossos amigos evangélicos poderão voltar para a casa a hora que quiserem, já que possuem a chave de casa.

Poderíamos numerar todos os momentos únicos e emocionantes vividos por esse grupo tão especial, porém, só quem faz parte da caravana consegue realmente captar toda a energia espiritual e fé que toma conta de seus participantes.


Ficamos muito contentes e orgulhosos de termos recebido este grupo tão diferenciado, um grupo que não veio apenas para fazer turismo na Terra Santa, mas para deixar definitivamente sua marca.

Voltem sempre!

ENTRE EM CONTATO CONOSCO E AGENDA AGORA A SUA VISITA

CONFIRA NOSSA GALERIA DE FOTOS

Contato






* Campos obrigatórios